Ceramika Cerâmica artística de alta temperatura

bule para chá – snake teapot


www.ceramika.com.br

Quando o torno ainda não existia, o ceramista trabalhava o barro com as mãos com a ajuda de umas poucas ferramentas, que ele mesmo improvisava. Inumeras formas de expressão são possiveis com modelagem manual, ao contrário do torno, responsável pelas formas sempre redondas e simétricas. Dentro da cerâmica, muitas são as tecnicas para a construção das peças, quando se usa sòmente as mãos. As ferramentas de madeira, algumas arredondadas, outras planas se adaptam muito bem ao trabalho com a argila. Uma grande variedade de formas e detalhes, vai surgindo das mãos do artesão. Dando asas à criação, num perfeito entendimento com a massa, ele materializa a peça imaginada. Quimicamente a argila é um aluminosilicato hidratado, o que significa que é composta de sílica, alumina e agua combinada quimicamente. Quer dizer que, existem muitos tipos de argila à disposição do ceramista. Variam em cor, tamanho das partículas e quanto à temperatura em que devem sofrer o cozimento. A variedade de metais que a argila pode conter, torna-a vermelha, cinza ou branca. Como o tamanho das partículas é variável, elas diferem em texturas, outras são mais plásticas, algumas encolhem muito durante o cozimento e tem as que só sinterizam em muito alta temperatura. Essa grande variedade significa que o ceramista terá muitas opções para escolha do material que vai se adaptar às suas tarefas.

Postado em Sem categoria

Deixe uma resposta