Ceramika Cerâmica artística de alta temperatura

BABÁ – um saruê ou gambá de orelha preta


A mamãe saruê foi encontrada quase morta. Não sabíamos que a bolsa estava cheia de bebês gambás – na verdade eram onze. Algumas horas depois descobrimos que ela não resistira aos ferimentos. Foi ao remove-la que vimos dentre tantos filhotes mortos apenas um que ainda vivia. Muito fraquinho e gelado foi acolhido e batizado: Babá. Há tempos soubemos que o zoologico não recebe animais (foi quando achamos um ouriço todo machucado, que levamos ao viveiro Manequinho Lopes, no Ibirapuera. Mesmo sendo bem acolhido e tratado aquele não sobreviveu) Desta vez, final de domingo a unica opção era fazer o bebê sobreviver. E é isso, já são dois dias de tentativas.

Postado em Sem categoria

Deixe uma resposta