Ceramika Cerâmica artística de alta temperatura

Forno elétrico para cerâmica – antes e depois da pintura

 

antes e depois da reforma do forno ceramico
o antes e o depois

www.ceramika.com.br
A aparência do antigo forno está melhor e a manutenção nos tijolos deve reduzir a perda de calor e os gastos de funcionamento. As resistências estão em bom estado, não precisei trocar nenhuma. Os fornos elétricos são mais seguros e produzem uma queima mais limpa, em oxidação, a redução quando feita pode ser prejudicial para as resistências. A atmosfera redutora pode corroer os metais. Para a pintura, usei uma tinta que se propõe ser resistente até 600ºC – Alumitex 600C – Fosco Preto da Tintas Perfortex – que uso há alguns anos para a parte metálica, externa, de fornos.

Postado em Sem categoria

One thought on “Forno elétrico para cerâmica – antes e depois da pintura

  1. Olá, estou voltando ao mundo da cerâmica e navegando pela net encontrei o blog, achei muito legal suas postagens e já adicionei a meus favoritos, comecei a pesquisar por cerâmica em 2003, por um motivo ou outro parei por um tempo, recentemente uma oferta tentadora me motivou a adquirir um forno igualzinho a este… penso que a cerâmica veio me resgatar em meio a algumas mudanças da vida e também agora com condições de espaço mais favoráveis vou encarar de vez o barro! tenho uma duvida e que talvez possa me ajudar, o propósito do forno é utiliza lo somente para biscoitar, nesse processo quanto tempo vc deixa o forno ligado e qual o custo de energia? estou pensando em fazer a primeira queima aqui em casa em sp e porteriomente levar a produção para esmaltar em um forno de alta temperatura que pretendo montar em uma chácara próximo a Atibaia, vc acredita ser viável? Obg e parabéns pela sua arte!

Deixe uma resposta